Apresentação do departamento « Reabilitação da mão »

O departamento de «Reabilitação da mão» do Rehazenter é um departamento terapêutico dependente, a nível médico, do sector da ortopedia-traumatologia. Dispondo de uma longa experiência específica no domínio, este serviço tem por objectivo reabilitar o melhor possível, não apenas todas as patologias da mão, mas igualmente doenças do membro superior em geral.
Os médicos especialistas em medicina física e reabilitação do CNRFR trabalham há vários anos em estreita colaboração com os melhores cirurgiões especializados nacionais e internacionais.
A originalidade e a especificidade deste serviço reside no apoio plural diário, em estreita colaboração com os outros serviços da ala técnica, na ergoterapia, hidroterapia, etc.
Sendo o leque de patologias específicas da mão, tratadas no Rehazenter, muito amplas (traumatologia, ortopedia, neurologia, vascular e reumatologia), é impossível preparar uma lista exaustiva. Eis aqui alguns exemplos típicos :

  • rupturas ou secções tendinosas
  • doença de Dupuytren
  • fracturas, luxações e entorses de dedos, da mão e do pulso
  • algoneurodistrofia da mão
  • artroplastias protéticas
  • enxertos tendinosos e cutâneos
  • mãos com reumatismo
  • neurólises
  • queimaduras
  • diferentes tipos de artródeses
  • tendões-artrolises
  • próteses mioeléctricas
  • patologias congénitas da mão

Com excepção destas patologias, o departamento de reabilitação da mão apoia igualmente as patologias do membro superior tais como :

  • ruptura da coifa dos rotadores do ombro
  • síndromes de canais diversos
  • lesões no plexo braquial
  • todo o tipo de fracturas
  • artroplastias protéticas diversas
  • síndrome compartimental
  • diferentes tipos de paralisias periféricas
  • tendinites, bursites, capsulites
  • e outros

As técnicas de reabilitação específicas e gerais, aplicadas neste serviço, são :

  • todas as técnicas de massagem (cicatricial, depresso-massagem, Cyriax, etc.)
  • mobilizações específicas (passiva, activa-assistida, activa)
  • técnicas de reabilitação da mão segundo movimentos específicos
  • fibrólise diacutânea (crochetagem)
  • drenagem linfática
  • termoterapia quente e fria (banhos de parafina, banho de lama, crioterapia gasosa)
  • artromotor (CPM) e polioterapia
  • banhos escoceses para problemas tróficos
  • reprogramação neuromotora
  • reforço global e analítico (reabilitação isocinética) do membro superior
  • técnicas de dessensibilização
  • re-referenciação sensorial
  • electroestímulos específicos
  • ondas de choque radiais